Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Coleira socializa e evita imprevistos com o cachorro




Item é extremamente importante para os passeios

Quando uma família decide ter um cachorro, um dos primeiros itens a se levar em conta é a coleira para os passeios e facilmente encontrada em pet shops ou mercados.


A coleira para passeio é essencial para a socialização, para evitar imprevistos e é normal que alguns cachorros não sejam os maiores fãs desse objeto e, muitas vezes, deixam a sua aversão bem esclarecida.

Mas não tem jeito: ela é muito importante e os tutores devem buscar a coleira ideal para as necessidades do seu pet, pois o a hora do passeio é um dos momentos mais aguardados, principalmente para que o animal mantenha suas atividades físicas em dia.

“É importante que os tutores tenham em mente que soltar os seus cães da coleira durante o passeio pode ser um risco grande”, explicou Larissa Mitie, veterinária da Vet Quality Centro Veterinário 24h.

É preciso ter em mente que em um passeio, muita coisa pode se tornar uma novidade e os cachorros tendem a se interessarem por muitas coisas, deixando-o mais agitado.

O uso da coleira ajuda o tutor a amenizar toda essa empolgação e, com o tempo, o cachorro poderá por si só entender o que não pode ser feito e mudar o seu comportamento para uma reação mais calma.

A socialização se torna mais amigável com outros pets, pois é comum o encontro com outros tutores com seus animais de estimação fazendo o mesmo e, obviamente, a interação é quase inevitável. A coleira para passeio pode ser uma grande aliada, para evitar que haja desentendimentos ou brigas entre os pets.

O uso das coleiras também serve como auxílio para a educação do animal de estimação. O cachorro enxerga o seu tutor basicamente como um amigo e um líder em que ele pode confiar, por isso, ele irá atender os seus comandos quanto mais ele for treinado.

A coleira possibilita deixá-lo mais próximo, tornando mais fácil ensiná-lo a se comportar com os pets e outras pessoas durante os passeios na rua.

Além de manter o cachorro por perto, a coleira permite que acidentes sejam evitados, como é o caso de atropelamentos que, infelizmente, ainda são bastante comuns nas ruas.

Fora as chances de atropelamento, os cachorros podem acabar se interessando por outros tipos de problema, como um fio elétrico no chão ou buracos muito fundos.

Assim como ficar longe de acidentes, evitar que o pet fuja também é interessante para mantê-lo bem e longe de problemas. Evitar brigar ou gritar com o cachorro caso ele tente uma fuga é importante, pois provavelmente isso só ocorreu porque algo chamou atenção dele. O ideal é tratá-lo com carinho e explicar o porquê ele não deve fazer isso.

Existem muitos tipos de coleira para passeio e o tutor deve se atentar na hora de escolher este item. É preciso considerar o tamanho do cachorro e se o material é de qualidade para deixar as caminhadas mais agradáveis.

Alguns modelos muito utilizados são:

* Coleira peitoral, que é um modelo mais voltado para os cães menores. O seu design é feito para cobrir todo o peito do pet e deixá-lo bastante confortável e seguro.

* Cabresto é um modelo para os cães que estão no início da adaptação com o objeto de passeio. Esse tipo de coleira pode ser um pouco incômoda no começo, mas com treino, o pet irá se adaptar.

* Enforcador é um modelo bastante muito comum e muito utilizado para aqueles pets que são mais agitados durante os passeios. Esse tipo de coleira dá ao tutor mais controle, porém, é preciso cuidado para não machucar o cão.

Quando o pet se acostumar com a coleira, esses momentos serão bem mais aproveitados, por isso garanta que o animal de estimação fique confortável com o acessório. Lembre-se de manter uma rotina de passeios, assim o pet vai ficar cada vez mais à vontade com a coleira.

Nenhum comentário: