Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

ALPHA AUTOS 41ªEDIÇÃO - MATÉRIA CAPA

New Civic 2009: sedã médio ficou ainda mais atraente
Modelo ganha novo visual frontal. Civic Si também tem alterações

Imprensa Honda

Recordes de vendas, liderança absoluta em sua categoria e diversos prêmios alcançados na imprensa especializada. Essa vem sendo a trajetória de sucesso do New Civic no mercado automotivo nacional desde o seu lançamento no primeiro semestre de 2006. Porém, a Honda Automóveis não se acomodou com essas inúmeras conquistas e, para 2009, o sedã médio passou por algumas mudanças. Chega às concessionárias com visual mais atraente e detalhes que reforçam a alta tecnologia aplicada nos automóveis da marca. E mais: sua versão esportiva, o Civic Si, também recebeu modificações. Os dois modelos estarão disponíveis a partir de janeiro em toda a Rede Honda.

Em comparação com a versão anterior, as principais alterações estão no design do New Civic. Essas modificações asseguram um veículo ainda mais bonito e esportivo. Os pára-choques de todas as versões --LXS (manual e automática) e EXS (automática)--, por exemplo, foram reestilizados ao ganhar entradas de ar nas extremidades. Já a grade central cromada foi ampliada e recebeu contornos mais agressivos. Com essas alterações, a Honda espera ampliar ainda mais o bom desempenho em vendas da oitava geração New Civic.

Ótimo desempenho

O New Civic 2009 é equipado com o econômico e potente motor i-VTEC 1.8l SOHC Flex, que produz 140 cv a 6.200 rpm, na utilização de álcool, e 138 cv também a 6.200 rpm, quando for apenas gasolina. O torque é um dos destaques desse propulsor com 17,5 kgf.m a 5.000 rpm (gasolina) ou 17,7 kgf.m a 4.300 rpm (álcool), tornando o sedã um dos carros com resposta mais rápida do segmento.

Todos os motores são equipados com a tecnologia de injeção multiponto PGM-FI (Programmed Fuel Injection), além do sistema de ignição eletrônico mapeado, que transmite ainda mais confiança ao condutor.

Civic Si: mais esportivo

A versão esportiva da linha Civic, o Si, também ganhou inovações para 2009. O pára-choque dianteiro vem com novo design e está equipado como faróis de neblina. Já a grade dianteira foi ampliada e está na cor preta, diferentemente da versão anterior que era pintada de acordo com a cor do modelo.

Um dos destaques é o airbag lateral, que oferece mais segurança ao motorista e ao passageiro em caso de uma colisão. O modelo também recebeu novas rodas de aro 17”, com um desenho mais agressivo e esportivo. Assim como o New Civic, o Si possui novos tecidos nos bancos e ganhou tomada USB, que facilita conexões com MP3 Players ou carregadores.

Cores da Linha Civic

Fabricado na Unidade de Sumaré (SP), o New Civic está disponível em nove cores. Além das novas Cinza Spectrum Perolizado, Verde Deep Perolizado e Preto Cristal Perolizado, o modelo será comercializado em Branco Taffetá Sólido, Dourado Poente Metálico, Grafite Magnesium Metálico, Verde Vermont Perolizado, Prata Global Metálico e Cinza Palladium Metálico. Já o Civic Si está disponível nas cores Vermelho Rally Sólido, Preto Nighthawk Perolizado e Prata Global Metálico.

Todas as versões do Honda Civic possuem três anos de garantia, sem limite de quilometragem. Os clientes podem obter informações sobre a concessionária mais próxima pelo site www.honda.com.br ou pelo telefone 0800 701 3432.

ALPHA AUTOS 41ª EDIÇÃO - ALPHA NOTÍCIAS

Por Sérgio Dias

Grupo Volkswagen divulga números mundiais de 2008
O Grupo Volkswagen divulgou no Salão de Detroit os números de vendas de 2008. A empresa fechou o ano com 6,23 milhões de veículos vendidos em todo o mundo, um crescimento de 0,6% sobre 2007. No Brasil, a Volkswagen produziu 846 mil unidades (sendo 717.000 unidades montadas e 129.000 kits CKD) um crescimento de 6% em relação a 2007. Com este volume, a Volkswagen consolida a posição de maior montadora do País.

No período, foram vendidas 585 mil unidades de carros e comerciais leves da marca no País, registrando um crescimento de 8,8% sobre o ano anterior e 21,9% de participação nas vendas totais da indústria, segundos dados do Renavam. Para cerca de 25 mercados externos, a marca exportou 177 mil unidades de carros e comerciais leves contra as 182.187 unidades embarcadas em 2007.


Chevrolet S10 é líder absoluta pelo 14º ano consecutivo
À frente dos concorrentes desde seu lançamento, em 1995, a Chevrolet S10 manteve a liderança absoluta pelo 14º ano consecutivo, no segmento das picapes médias em 2008. Foram emplacadas 31.441 unidades, resultado que conferiu ao modelo uma participação de 34,14% no segmento e, ainda, registrou seu melhor resultado anual de emplacamentos desde seu lançamento. O resultado superou em 540 unidades a melhor marca anterior, obtida em 1996, quando foram emplacadas 30.901 unidades.

Outro fato marcante em 2008 foi o crescimento de 38,9% nos emplacamentos do modelo comparado com o mesmo período de 2007, fato que consolida a preferência do consumidor pela primeira picape média produzida no Brasil, que não parou de inovar e de se manter na frente de seus concorrentes.


Nissan inicia produção do Lavinia com motor flex no Brasil
A Nissan iniciou a produção do Nissan Livina, na fábrica que compartilha com a Renault em São José dos Pinhais, Paraná. Primeiro veículo de passeio produzido no Brasil, o Livina também marca a entrada da Nissan no segmento de veículos bicombustíveis (flex fuel).

O Nissan Livina brasileiro será produzido nas versões 1.6, 16V, com transmissão manual e 1.8 16V com transmissão automática. O monovolume Livina chegará às concessionárias Nissan de todo o Brasil em março de 2009. O outro veículo da família Livina, o Grand Livina, segundo veículo de passeio a ser produzido no Paraná, tem capacidade para sete passageiros e seu lançamento está previsto para a metade deste ano.

Com os atuais modelos comercializados no Brasil, a Nissan compete em 17% do mercado nacional total. Com a introdução da família Livina, a Nissan passará a concorrer em segmentos que respondem por 30% do mercado brasileiro.

ALPHA AUTOS 41ªEDIÇÃO - ALPHA MOTOS

Green Sport 150 tem design moderno e bom desempenho
Modelo vem com escapamento duplo e rodas de liga leva

Por Sérgio Dias*

Design moderno, desempenho e liberdade. Cada um desses conceitos está presente na maior novidade do mercado brasileiro de motos em muitos anos. A Green Motos faz questão que você conheça a Green Sport 150. O modelo expressa o que existe de mais atual em tecnologia, estilo, conforto e resistência. Tudo com muita economia e total facilidade em assistência técnica, peças e serviços. Qualidade e confiança que se traduzem na maior garantia do mercado: 2 anos, sem limite de quilometragem.

Além disso o modelo vem com partida elétrica e no pedal, freia a disco duplo na roda dianteira, indicador de marcha digital, conta giros, rodas de liga leve, marcador de combustível, balanceador (reduz a vibração do motor), carenagem esportiva única da categoria, faróis com dupla iluminação, guidão em “V” esportivo, escapamento duplo e uma maior aerodinâmica.

O modelo Green Sport 150 se trata de mais uma opção para quem planeja uma conquista acessível de liberdade e autonomia, seja por hobby, necessidades de transporte ou para fins profissionais.

A Green Motos faz parte das Empresas Rodobens - um dos 100 maiores grupos empresariais do País. A corporação, fundada em 1949, em São José do Rio Preto (SP). Atenta a um dos mercados que mais cresce no segmento de veículos, passou a atuar, em junho de 2007, no segmento de duas rodas com a marca própria Green. Por meio da Rodobens Negócios Internacionais, com sede em Vitória-ES e filiais em todo o País, o grupo passou a importar quatro modelos de motos entre 110cc e 150 cilindradas fabricadas por montadora chinesa da província de Wuxi. Atualmente, a rede Green Motos conta com quatro concessionárias em funcionamento localizadas em São Paulo/SP, São José do Rio Preto/SP, Belo Horizonte/MG e Rio de Janeiro/RJ, além de pontos de exposição em todas as concessionárias das Empresas Rodobens existentes nas cidades onde a Green Motos estiver instalada.

A Green Sport 150 está disponível nas cores preta, vermelha e amarela e tem o seu preço a partir de R$4990,00 na concessionária Green Motos de São Paulo/SP. Mais informações através do site www.rodobens.com/greenmotos/

* Com Assessoria Green Motos

ALPHA AUTOS 41ªEDIÇÃO - ALPHA ESPORTES


A nova cara da Fórmula 1
Dentro e fora das pistas, mudanças ditam a nova F1

Ainda faltam mais de dois meses para o início da temporada 2009 de Fórmula 1, mas a imagem do que será o ano começa a ser formada. Os carros, com todas as suas novidades aerodinâmicas, começam a ser apresentados. Seis equipes já mostraram seus novos bólidos: Ferrari, McLaren, Toyota, Williams, Renault e BMW.

O impacto visual causado pelas primeiras aparições das asas dianteiras gigantes versus traseiras minúsculas já foi contornado. As previsões de carros quem entrariam para a história como os mais feios de todos os tempos não se confirmaram. Pelo menos em partes.

A Renault, por exemplo, apresentou seu R29 com uma combinação de cores diferente dos últimos anos. Abandonaram o azul e adotaram o vermelho. A vista lateral é dos carros mais bonitos (para mim, o mais) dos apresentados até agora.

A Williams apresentou um visual mais clean em seu modelo, o FW 31. Sem muitos patrocínios, um azul escuro domina o carro inteiro. No ano passado, durante os testes de pré-temporada, também foi mostrado um bólido totalmente azul, e as linhas brancas apareceram depois. Tomara que desta vez seja mantido assim, ficou bonito.

A BMW – que o chefão da categoria, Bernie Ecclestone, aponta como uma das promessas para a temporada 2009 – continua tendo o patinho feio. Apesar de ter um visual mais bem resolvido que o modelo híbrido que estava em testes, continua, por ora, o mais estranho, digamos assim.
Mas, nada disso vale se não houver desempenho na pista. Pergunte a um torcedor da McLaren se eles preferem um carro bonito e lento a um feio e vencedor. Não é nem preciso pensar muito para saber a resposta.

E esta questão do desempenho é muito complexa. Em função das novas regras, os bólidos tiveram que ser construídos praticamente do zero, o que torna inviável qualquer projeção concreta de quem são os favoritos.

A Ferrari já gera polêmica com os escapamentos saindo do carro e dois retrovisores que saem do assoalho. Afinal, não eram proibidos apêndices aerodinâmicos?

A nova situação dá uma injeção de confiança naquelas que tiveram desempenho menos expressivo no último ano. A Toyota, no lançamento do TF109, afirmou que este ano buscará sua primeira vitória na categoria. Já Fernando Alonso disse que buscará, com a Renault, os títulos de pilotos e construtores.

Sempre lembrando, que falta a Red Bull colocar seus novos modelos na pista, já que não se pode ignorar uma equipe que tem Vettel ao volante.

Fora das pistas, Ron Dennis anunciou que deixará a chefia da McLaren em março, após 27 anos no cargo. Ele prepara o time durante os testes e, depois, pega o boné. Martin Whitmarsh o substituirá. Dennis ainda ficará na equipe, cuidando de negócios e desenvolvimento de carros de rua. Palpite puro? Sofrerão o mesmo que a Ferrari sem Brawn / Todt.

A FIA promete, por meio das mudanças impostas, um ano de muita competitividade, com as equipes mais niveladas, o que transfere mais responsabilidade ao talento dos pilotos, que deixam de depender tanto de computadores e asinhas penduradas. Que assim seja!
Rápidas
A situação de Helio CastroNeves na Penske não está nada fácil. A equipe anunciou esta semana que o australiano Will Power assumirá os testes de pré-temporada e, de acordo com o resultado do processo contra o brasileiro, também será o piloto para o campeonato deste ano.

Enquanto isso, o jovem Mario Moraes assinou com a KV Racing, que se mostrou das mais organizadas entre as ex-Champ Car, junto com a Newman-Haas.

E o ano da velocidade começa, oficialmente, neste fim de semana, quando serão realizadas provas da GP2 Asia Series, no Bahrein e da A1GP, na Nova Zelândia. Para quem estiver em São Paulo no aniversário da cidade, Interlagos sediará o IV GP Cidade de São Paulo, onde poderão ser vistos, dentre outros, Ferraris, BMWs e Porsches. A largada acontece às 13h e a entrada é gratuita.

Para notícias atualizadas durante a semana e as opiniões além da coluna, acesse http://bandeirada.wordpress.com/.

ALPHA AUTOS 41ª EDIÇÃO - ALPHA SERVIÇOS


Cuidados no preparo do veículo para a inspeção veicular
Catalisador precisa de uma verificação especial

Por Sérgio Dias*

Com o início da inspeção veicular na cidade de São Paulo, há uma maior procura por serviços de manutenção preventiva. O catalisador é uma das principais peças desta verificação, pois é o principal item a ser inspecionado. A Umicore, responsável pela tecnologia do catalisador automotivo do país, alerta para alguns cuidados que o consumidor deve ter ao levar seu veículo para uma verificação do sistema de escapamento.

Nesta hora, o consumidor deve ficar atento às características do catalisador oferecido, tais como a embalagem padronizada com a marca do fabricante, o certificado de garantia e a nota fiscal. A tecnologia Umicore está presente nos catalisadores da Mastra, Scapex, OG Escapamentos e SICAP, garantindo a qualidade do produto.

“Se o proprietário do veículo não se preocupar com a procedência do catalisador que está adquirindo, pode ser surpreendido com a instalação de uma peça falsa e consequente reprovação na inspeção veicular. Neste caso, deverá substituir novamente o catalisador, gastando uma despesa adicional desnecessária além do tempo perdido. Estimamos que atualmente mais de 4 milhões de automóveis circulem com falsos catalisadores no país”, afirma Carlos Eduardo Moreira, gerente de Desenvolvimento de Novos Negócios da Umicore.

O falso catalisador pode trazer vários problemas ao veículo, como a desregulagem do sistema de injeção eletrônica e a alteração da contrapressão do sistema de escapamento com o consequente comprometimento do desempenho do motor e o aumento no consumo de combustível. “Todos estes problemas levam a uma emissão de gases poluentes além do permitido pela legislação. Neste caso, os prejuízos vão para o consumidor, que pode ser autuado, e para a população, que sofrerá com o aumento da poluição”, comenta Moreira.

Sobre o catalisador

O catalisador é uma peça do sistema de exaustão do veículo, composta por um núcleo cerâmico, responsável pela conversão de até 98% dos gases poluentes. Projetado para ter a mesma durabilidade que o automóvel, o catalisador pode ser danificado por impactos, o que pode comprometer permanentemente o seu funcionamento, sendo necessário efetuar a substituição da peça.

* Com Assessoria Umicore

ALPHA AUTOS 41ªEDIÇÃO - ALPHA CAMINHÕES

Mercedes-Benz amplia oferta de modelos Sprinter para transporte de carga

Novos furgões e chassi Sprinter Street, com 3.500 kg de PBT, são indicados para o transporte urbano e curtas distâncias rodoviárias. Estes veículos podem circular livremente por todas as vias de trânsito, mesmo em zonas de restrição de regiões metropolitanas, como São Paulo.

Com o lançamento dos novos furgões e chassi Sprinter Street, de 3.500 kg de peso bruto total - PBT, a Mercedes-Benz amplia a oferta de veículos comerciais leves. Dessa forma, os clientes passam a contar com 19 opções para o transporte de carga, podendo escolher o modelo mais adequado aos seus negócios.

"A linha Street é indicada para o transporte urbano e as curtas distâncias rodoviárias, destacando-se especialmente pela livre circulação em todas as vias de trânsito, mesmo em zonas de restrição de regiões metropolitanas, como São Paulo".

Em função do PBT de 3.500 kg, a legislação de trânsito permite que esses novos modelos Sprinter circulem dentro do limite máximo de velocidade determinado para cada cidade ou estrada, o que chega até 120 km/h, conforme a região. Com isso, o cliente utiliza todo o potencial de velocidade do veículo, otimizando o tempo médio de entrega e agilizando o abastecimento nos centros urbanos.

Os furgões e o chassi Sprinter Street asseguram versatilidade de aplicação, permitindo o transporte de diversos tipos de produtos de consumo, como, por exemplo, eletrodomésticos, móveis, flores, alimentos e congelados, entre outros.

A legislação também permite que o novo Sprinter Street seja dirigido por motoristas com carteira de habilitação a partir da categoria B, que podem ainda circular pelas faixas da esquerda nas vias, conforme sua conveniência ou necessidade.

Conheça toda linha de Sprinter Street na Itatiaia – Barueri - Tel.: (11) 4133-4133 – Mauá - Tel.: (11) 4063-2222

Acesse: www.itatiaia.net

JORNAL ALPHA AUTOS - 41ªEDIÇÃO

ANUNCIANTES DESTA EDIÇÃO

FEST CAR HIPER FEIRÃO DE AUTOMÓVEIS – BV FINANCEIRA

ITATIAIA CAMINHÕES
www.itatiaia.net

TERRA RACING
Rua da Prata, 148/154

GOLDEN CAR
www.goldencarautomoveis.com.br

SAMURAI MULTIMARCAS
www.samuraimultimarcas.com.br

MULTIPLICAR AUTOMÓVEIS
multiplicarveiculos@terra.com.br

ZANEX AUTOMÓVEIS
www.zanexautomoveis.com.br

MADRI MULTIMARCAS
www.madrimultimarcas.com.br

FÓRMULA R
Av. dos Autonomistas, 5760

GREEN MOTOS
Rua Guaicurus, 159 – Água Branca

ALPHA AUTOS 40ª EDIÇÃO - MATÉRICA CAPA


Chega ao mercado o Novo Fiat Palio 2010
Novo design. Novos motores. Nova versão

Imprensa Fiat

Mais competitividade para o modelo mais vendido da Fiat. Com essas novidades, o Novo Palio 2010 acaba de desembarcar nas concessionárias de todo o Brasil, com um estilo mais moderno e com motores mais potentes, econômicos e que já atendem os níveis de emissões de poluentes (Fase V Proconve).

Para ficar com um design ainda mais ousado e marcante, o novo Palio 2010 ganha uma nova frente, mais requintada e moderna, seguindo a linha da nova família Palio. O novo para-choque dianteiro agora possui linhas mais elegantes que envolvem os novos faróis, valorizando a sua largura e robustez. A traseira ganha novas lanternas com grade interna cromada para as versões ELX. Enquanto as versões 1.8R continuam com as lanternas fumês, aumentando a esportividade. Para completar o novo visual do Fiat Palio 2010, brake-light e aerofólio traseiro são de série em todas as versões.

Motores mais potentes

O Fiat Palio 2010 traz novos motores em sua gama: o 1.4 Fire Flex, que equipa os Fiat Punto, Novo Siena, Novo Palio Weekend e Nova Strada, e o 1.0 Fire Flex, que chegou com o novo Siena, ambos desenvolvidos pela FPT Powertrain Technologies. Eles trazem aumento de potência e torque, maior economia de combustível e redução de emissões (Fase V Proconve).

O novo motor 1.0 Fire Flex gera potência de 73 cavalos com gasolina e 75 cv com álcool – um ganho superior a 8 cavalos de potência. Já o novo motor 1.4 Fire Flex tem potência de 85 cv com gasolina e 86 cv com álcool, 5 cavalos a mais do que o motor anterior.

Uma nova versão para ampliar a gama

O novo Fiat Palio ganhou uma nova versão, a ELX 1.8, oferecendo ao consumidor mais uma opção. Ela chega com o potente motor 1.8 Flex, que gera 112 cv com 100% gasolina e 114 cv com 100% álcool.

Como opcionais, o Palio 1.8 ELX traz itens exclusivos para a sua versão, só encontrados no 1.8R, como sensores crepuscular e de chuva e espelho eletrocrômico.

Uma gama ainda mais completa

O novo Fiat Palio 2010 chega com uma gama muito completa. São seis versões – que incluem duas carrocerias, três diferentes motores com tecnologia Flex e dois níveis de acabamento. São elas: ELX 1.0 2 e 4 portas; ELX 1.4 4 portas; duas versões esportivas — 1.8R 2 portas e 1.8R 4 portas —, e a nova ELX 1.8 4 portas. Diferentes versões para diferentes gostos e necessidades.

Garantia e pós-vendas

O modelo vem com garantia geral de um ano sem limite de quilometragem e de cinco anos para a carroceria. Durante a sua vigência, o atendimento ao veículo é coberto pela assistência 24 horas Confiat, com serviços como reboque, veículo reserva, táxi, hospedagem e socorro mecânico.

São mais de 500 pontos de atendimento Fiat, entre concessionárias e postos assistenciais, espalhados por todo o país para dar o suporte necessário ao dono de um novo Fiat Palio.

ALPHA AUTOS 40ª EDIÇÃO - ALPHA NOTÍCIAS


Por Sérgio Dias

Citroën C4 VTR é eleito o melhor veículo esportivo do Brasil
O Citroën C4 VTR foi eleito o melhor esportivo do Brasil na recente eleição “O Melhor de Auto Press”, organizado pela Editora Carta Z. Em uma briga acirrada, que incluiu cupês e conversíveis, o Citroën C4 VTR disputou diretamente com modelos de peso, como o superesportivo Audi R8, o BMW 130, o Peugeot 307 CC e o Volvo C30.

“O sucesso nas vendas do C4 VTR se baseia em elementos como estilo inovador, alta tecnologia, desempenho superior e grande competitividade comercial”, afirma Michel Bernardet, diretor Comercial da Citroën do Brasil.

Lançado no mercado brasileiro em 2006 e com cerca de 4 mil unidades comercializadas, o modelo tem preço a partir de R$ 60.610,00.


Nissan revela versão limitada do GT-R SpecV
A Nissan Motor Co. anunciou uma edição limitada do Nissan GT-R SpecV, que será comercializada em apenas sete concessionárias selecionadas no Japão a partir de 02 de fevereiro deste ano. Desenvolvido a partir do esportivo Nissan GT-R lançado há um ano e que se tornou um grande sucesso mundial, a versão SpecV oferece modificações na estrutura, interior e performance, elevando ainda mais o desempenho do GT-R. Em outubro do ano passado, a Nissan do Brasil apresentou pela primeira vez no país o Nissan GT-R durante o Salão do Automóvel de São Paulo.

O novo exterior do modelo SpecV inclui spoiler traseiro e grade de fibras de carbono. Por dentro, esta versão tem apenas dois bancos especiais Recaro também em fibra de carbono (o GT-R comum tem banco traseiro para mais dois passageiros).


Cadillac SRX 2010, uma das atrações da GM no Salão de Detroit 2009
A Cadillac exibe no Salão Internacional do Automóvel de Detroit 2009, a próxima geração do Crossover SRX 2010, que se caracteriza por um projeto completamente novo e mais eficiente, além de novas opões de motores com elevada tecnologia.

O SRX 2010 foi projetado para um desempenho eficiente, incluindo a escolha de dois motores de seis cilindros de elevada tecnologia que são novidades para o Cadillac – um V6 3.0 de injeção direta e um V6, também novo, de 2.8 litros, turboalimentado. Ambos os motores utilizam tecnologia que ajuda a produzir um sólido desempenho que é típico dos motores de maior cilindrada. A injeção direta possibilita uma redução de 25% nas emissões de hidrocarbonetos. É esperada uma economia de combustível próxima a 20% na estrada.

ALPHA AUTOS 40ªEDIÇÃO - ALPHA SERVIÇOS

IPVA já pode ser pago com desconto
Ontem teve início o vencimento para os veículos com placa final 1

Por Sérgio Dias


Desde ontem os proprietários de veículos licenciados no Estado de São Paulo devem pagar o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) deste ano. Os vencimentos são do dia 9 até o dia 22 deste mês e é válido para o pagamento à vista com desconto de 3% e para o pagamento da primeira parcela.


O vencimento toma por base o algarismo final das placas. Ontem venceu o prazo para as placas de final 1; na segunda-feira, para as de final 2, e assim sucessivamente, até o dia 22, para as de final 0.


É mais vantagem para o contribuinte quitar o imposto neste mês, com desconto de 3%, do que em fevereiro, sem o desconto. É que os 3% de abatimento equivalem a juros de 3,09% ao mês, taxa não obtida em aplicações financeiras.


Quem atrasar o pagamento terá de arcar com multa de 0,33% ao dia, limitada a 20%, e juro pela taxa Selic, sendo 1% no mês do vencimento e 1% no mês do pagamento.


Entre os dias 11 e 27 de fevereiro o imposto também poderá ser pago de uma só vez, mas sem o desconto de 3%. Também nesse período vence o prazo para o pagamento da segunda parcela. Entre os dias 11 e 24 de março poderá ser paga a terceira e última parcela.


A Secretária da Fazenda prevê arrecadação total de R$ 9 bilhões com o IPVA neste ano. Em 2008, até novembro, a receita somou R$ 7,45 bilhões. Metade da receita do IPVA fica com o Estado e metade com o município em que o veículo é licenciado.


Seguro obrigatório
Os donos de carros de passeio, motos, ônibus e caminhões são obrigados a pagar o imposto e o seguro obrigatório, também chamado de Dpvat. O seguro é pago anualmente e vale para o período de 1º de janeiro a 31 de dezembro.


O pagamento do seguro tem de ser feito com a cota única (neste mês ou em fevereiro) ou com a primeira parcela (neste mês). Quem deixar de pagar o seguro obrigatório não poderá licenciar o veículo.


Para os automóveis e caminhonetes (de passeio, de aluguel ou aprendizagem), o seguro subiu 10,6%, para R$ 93,87 -esse valor é composto de R$ 89,61 do seguro, R$ 3,90 pelo custo de emissão e de cobrança da apólice ou do bilhete do seguro e R$ 0,36 de IOF.


Para as motos, o seguro subiu 1,5% (R$ 259,04), e, para os caminhões e tratores, 4,2% (R$ 98,06). Para os ônibus e micro-ônibus (aluguel e aprendizagem), o seguro caiu 9,4% (R$ 344,95); para os ônibus e micro-ônibus (particulares), a queda é de 16,6% (R$ 215,37).


As indenizações pagas em decorrência de acidentes de trânsito permaneceram inalteradas: R$ 13,5 mil (morte), até R$ 13,5 mil (invalidez) e até R$ 2.700 (despesas médicas).

Licenciamento
Se desejar, o contribuinte pode antecipar o licenciamento do veículo (R$ 53,89 mais R$ 11 pela postagem, esta opcional) quando quitar o imposto. Isso pode ser feito neste mês (parcela única, com desconto), em fevereiro (parcela única, sem desconto) ou em março (última das três parcelas).


A taxa de licenciamento também poderá ser paga de abril a dezembro, conforme o algarismo final da placa. Nesse caso, em abril são licenciados os veículos com placa final 1, em maio, os de final 2, e assim sucessivamente, até dezembro, para os de placa final 0.


Pela legislação paulista, os veículos com mais de 20 anos de fabricação estão isentos do IPVA. Apesar disso, seus donos são obrigados a pagar o seguro obrigatório e a licenciá-los.

ALPHA AUTOS 40ªEDIÇÃO - ALPHA MOTOS

Honda CG 125 Fan de alma renovada

Modelo 2009 vem equipado com o consagrado motor OHC

Imprensa Honda

A caçula da família CG cresceu em força e desempenho. Seu motor foi totalmente redesenhado e agora tem configuração OHC (Over Head Camshaft), em substituição ao formato anterior OHV (Over Head Valves). Tradicional e confiável, o propulsor com comando de válvulas no cabeçote é utilizado na Honda CG 150 Titan desde 2004 e já provou ao público brasileiro toda sua resistência e durabilidade.

Versátil, a CG 125 Fan agora possui duas versões: KS (com partida a pedal) e ES (com partida elétrica). O lançamento desta última faz parte do esforço da Honda em satisfazer as necessidades dos mais variados tipos de consumidor e, assim, conquistar novos nichos de mercado.

Conforto e segurança para o dia-a-dia

O novo assento acomoda melhor tanto piloto quanto garupa devido às suas maiores dimensões e ao seu formato ergonômico. O tanque de combustível, com novo desenho e maior capacidade (15,1 litros contra 13,5 litros da versão 2008), possibilita melhor encaixe das pernas do piloto. Para o passageiro, as alças traseiras mais altas garantem uma viagem confortável e segura.

Robustez e beleza essencial

No quesito design, a nova CG 125 Fan ganhou novos tanque, assento e tampas laterais. A rabeta, exclusiva do modelo, recebe a mesma cor do tanque de combustível e transmite sensação de modernidade e valor.

Na dianteira, o conjunto óptico apresenta farol redondo com refletor multifocal e lâmpada de 35/35W, além de piscas com visual moderno. Na traseira, a modernidade fica por conta da lente com refletores integrados.

Para todos os públicos

Com o modelo, a marca procura ampliar sua base de mercado e conquistar três nichos principais: o não usuário que deseja um veículo próprio para ter independência na locomoção; o proprietário de motocicleta usada que sonha em comprar um modelo zero-quilômetro, mas enfrenta dificuldades para adquiri-lo; e o profissional autônomo que utiliza a motocicleta como ferramenta de trabalho e precisa de um veículo resistente, durável e econômico.

ALPHA AUTOS 40ªEDIÇÃO - ALPHA ESPORTES


Com crise ou sem crise, os motores roncarão
O que esperar de 2009 no automobilismo

Edmur Hashitani

Feliz 2009 a todos! Mais um ano começando, hora de rever erros e consertá-los. Tempo de fazer planos e esperar que o novo ciclo que se inicia seja repleto de boas notícias em todas as áreas da sociedade. E, claro, em nosso esporte não é diferente. Mesmo com a crise financeira que assombra investidores em todo o globo e coloca em risco a participação de equipes em campeonatos de automobilismo, o ano começa com algumas boas novas. A Fórmula 1, por exemplo, que promete maior competitividade com as mudanças aerodinâmicas. Claro, temos que torcer ainda para que a Honda seja vendida e não vejamos a maior categoria de esporte a motor do mundo com menos de 20 carros no grid. Teremos também uma nova categoria de acesso direto à F1, a Fórmula 2. Campeonato promovido pela FIA para competir com a GP2. Os carros serão fabricados pela Williams e preparados pela MotorSport Vision (não é a equipe Vision da Indy). O vencedor do campeonato terá direito a um teste com uma Williams no final do ano. Belo prêmio. Para uma categoria nova, com apenas uma equipe, já há um número razoavelmente bom de pilotos inscritos. No entanto, até o fechamento desta edição, nenhum brasileiro constava na lista de inscritos.

Outra categoria que pode ter sua estréia em 2009 será a GreenPrix USA. Ainda são poucos os detalhes sobre este novo campeonato dos Estados Unidos, mas especula-se que a categoria use os carros que seriam usados na Champ Car 2008, antes de se fundir com a Indy.

A criação da GreenPrix pode ser uma boa opção para os adeptos da antiga CART que não se acostumaram ao formato da atual Indy. Além de sempre ser louvável a atitude de pessoas que pensam em formas de promover o esporte sem agredir o meio ambiente.

No Brasil a Stock Car começa o ano com carros novos. O modelo 2009, projetado pela JL Competições, promete melhor relação entre desempenho e segurança. A nova temporada também terá provas novas, voltando ao Nordeste com uma etapa em Salvador, a ser realizada em julho. Se estiver pronto até novembro, o Velopark, no Rio Grande do Sul, também pode substituir a etapa gaúcha, até então disputada em Tarumã.

Além das alterações no calendário e nos veículos, as equipes terão mudanças. Na principal, a troca entre o atual campeão, Ricardo Maurício, que vai para a RC Competições, na vaga de Cacá Bueno, que ficou com seu lugar na WA Mattheis. Ao seu lado, terá Daniel Serra. O vice-campeão de 2008, Marcos Gomes, também saiu da A.Mattheis, e ainda não tem vaga confirmada para esta temporada.

Do outro lado do Atlântico, a situação dos brasileiros não é das mais confortáveis. O título da Fórmula 1 pode ter mais equipes na disputa do que em 2008, após as mudanças aerodinâmicas. Em uma aposta cega, pois nem todas as equipes colocaram seus modelos 2009 na pista, diria que Felipe Massa, apesar de favorito, terá, além das McLaren, a concorrência direta da Renault de Fernando Alonso e da Red Bull de Sebastian Vettel.

Enquanto isso, Nelsinho Piquet terá um ano para mostrar que, além do nome famoso, tem talento o suficiente para permanecer na Fórmula 1. E Rubens Barrichello, Bruno Senna e Lucas di Grassi começam o ano lutando para conseguir um cockpit.

Tudo isso só mostra que, com crise ou sem crise, o ano automobilístico começa com motivos de sobra para não faltar emoção!

Rápida
A Ferrari lança na segunda-feira, pela internet, o F-2009, que disputará a temporada de F1. O endereço é www.ferrariworld.com .

Para notícias atualizadas durante a semana e as opiniões além da coluna, acesse http://bandeirada.wordpress.com.

JORNAL ALPHA AUTOS - 40ª EDIÇÃO

ANUNCIANTES DESTA EDIÇÃO

FEIRA DO AUTOMÓVEL RECENCO
www.feiradeveiculos.com.br

ITAMOTORS
www.itamotors.com.br

ITATIAIA CAMINHÕES
www.itatiaia.net

TERRA RACING
Rua da Prata, 148/154

GOLDEN CAR
www.goldencarautomoveis.com.br

MAUTOS MULTIMARCAS
www.mautosmultimarcas.com.br

SANDRO CAR
Av. Hildebrando de Lima, 34 - Quitaúna

BERTINI AUTOMÓVEIS
http://bertiniautomoveis.com.br/

MULTIPLICAR AUTOMÓVEIS
multiplicarveiculos@terra.com.br

ZANEX AUTOMÓVEIS
www.zanexautomoveis.com.br

MADRI MULTIMARCAS
www.madrimultimarcas.com.br

GPS NDRIVE
www.ndrivenatal2008.com.br

ALPHA AUTOS 39ªEDIÇÃO - MATÉRIA CAPA

B 170 é a mais nova opção da família de monovolumes
Modelo passa a ser oferecido como nova versão de entrada da Classe B

Imprensa Mercedes-Benz

Com o mesmo visual moderno das demais opções da linha, o B 170 está equipado com motor de 1.699 cm3 e quatro cilindros, a gasolina, que gera 115 cv de potência a 5.500 rpm e 155 Nm de torque entre 3.500 e 4.000 rpm. Mesmo com o preço mais convidativo, o modelo oferece o padrão de segurança e conforto característicos da Classe B. Sua direção hidráulica, por exemplo, tem a leveza ajustada de acordo com a velocidade (Speed-sensitive power steering). Para garantir a segurança, seu sistema de freios traz discos nas quatro rodas (os dianteiros são ventilados) com sistema ABS, além de contar com o sistema anti-patinagem ASR e com o controle de estabilidade ESP. O B 170 sai de fábrica com rodas de aro 16” .

Em relação ao desempenho, o novo membro da Classe B leva 12 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e atinge os 180 km/h de velocidade máxima. Seu consumo de combustível fica entre 10,9 km/l e 11,1 km/l em ciclo urbano e entre 16,1 km/l e 16,7 km/l no rodoviário.

A versão intermediária deste modelo é a B 200, equipada com motor 2.0 a gasolina de 136 cv a 5.750 rpm e 185 Nm (18,9 kgfm) de torque máximo entre 3.500 e 4.000 rpm, e a opção topo de linha da Classe B, a B 200 Turbo. No estande da Mercedes-Benz, o visitante poderá conferir a versão top de linha da Classe B, também equipada com propulsor 2.0, mas que gera 193 cv de potência a 5.000 rpm e 280 Nm (28,6 kgfm) de torque entre 1.800 e 4.850 rpm.


Desenho: retoques que modernizam e mantêm a essência da Classe B

As alterações feitas no desenho frontal deixaram a Classe B com visual mais fluido, mais limpo. As principais mudanças se concentram na grade dianteira (com três aletas verticais interrompidas pela estrela de três pontas), no pára-choque (com entradas de ar maiores), no capô do motor e nos faróis. O design das laterais parece mais harmonioso e elegante do que antes, pois as carcaças dos espelhos externos, as maçanetas das portas e as saias são agora pintadas na mesma cor da carroceria em todas as versões. O estilo da traseira assimila o fluxo dinâmico das linhas que partem da frente e se projetam ao longo das laterais.


Sofisticação: interior traz novidades nos estofamentos e painéis internos

Acabamento de alta qualidade, atenção aos detalhes e amplitude de espaço: estes sempre foram atributos intrínsecos da Classe B. Formas, cores e revestimentos se combinam no grande espaço interno, de maneira que todos os materiais produzam um ambiente que seja o mais convidativo possível. A posição elevada de dirigir contribui muito para ampliar a visão periférica de quem está ao volante. Já a linha de cintura relativamente alta produz uma sensação de segurança sem que os ocupantes da Classe B se sintam confinados.


Histórico de sucesso

Desde o seu lançamento, em 2005, a Classe B já mostrava suas principais qualidades: espaçoso, confortável e com alto desempenho, o modelo se caracterizava por reunir as vantagens de vários tipos de veículos. Estão nele a dinâmica presente no desenho de um sedã esportivo, as dimensões de um modelo compacto, a amplitude de espaço de uma perua, a versatilidade de um miniutilitário e a segurança da marca Mercedes-Benz. Os números de vendas da Classe B, até o momento, deixam evidente que os criadores de produtos da Mercedes-Benz acertaram ao conceber um veículo que supre as necessidades de motorização da sofisticada sociedade de hoje: desde meados de 2005, mais de 350 mil consumidores do mundo todo foram conquistados por esse exclu

ALPHA AUTOS 39ªEDIÇÃO - ALPHA NOTÍCIAS

Por Sérgio Dias

Setor automotivo já sente retomada das vendas
O presidente da Anfavea, Jackson Schneider, disse que o setor automobilístico já começa a sentir uma melhora na situação das vendas. Os recursos liberados pelo Banco do Brasil para impulsionar o crédito para a compra de automóveis começam a chegar na ponta do varejo. Segundo ele, apesar da crise e da queda das vendas no quarto trimestre deste ano, 2008 será o melhor ano do setor automotivo, com recorde de produção e de vendas no mercado interno.


Volkswagen realiza feirão com novos preços este final de semana
A Volkswagen do Brasil vai repassar o benefício da redução do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) para seus clientes. Já neste fim de semana, dias 13 e 14 de dezembro, a empresa realiza o Fabuloso Feirão de Natal na fábrica de São Bernardo do Campo e em todos os concessionários com os preços reduzidos. O Novo Gol 1.0, que partia de R$ 29.490,00, será vendido por R$ 27.320,00, um desconto de 7,4%. Toda a linha com motorização 1.0 e 1.6 terá o preço reduzido.


Mitsubishi lança Pajero Dakar
A Mitsubishi Motors do Brasil acaba de lançar o Pajero Dakar, um veículo novo que celebra a participação da montadora na maior aventura do planeta, o Rally Dakar, que pela primeira vez chega a América do Sul. De visual esportivo, o novo veículo traz algumas novidades, como acessórios de série ( snorkel, pára-choque de impulsão e rack de teto longitudinal com barras transversais) e um motor diesel VGT com configuração inédita (150 cv e 30,6 kgf.m). O Pajero Dakar chega ao mercado a partir de março, em série limitada de 500 veículos/ano.


Fiat repassa integralmente ao consumidor o valor do IPI reduzido
A Fiat Automóveis, líder do mercado automotivo brasileiro, repassou integralmente ao consumidor, na forma de descontos nos preços dos veículos, a redução do valor do IPI (Imposto sobre Produtos Industriais).
Os descontos variaram de 5,52% a 7,32% nos veículos atingidos pela medida. Com essa iniciativa, por exemplo, o carro mais barato e econômico do Brasil, o Uno Mille, na sua versão básica, passa a custar R$21.754,00 (menos 7,31%). Já o Punto 1.4 terá desconto de R$2.242,00, ficando com preço sugerido de R$38.368,00. A Strada Adventure Locker, sucesso de vendas em todo o Brasil, fica com o valor de R$ 44.106,00, com desconto de 7,24%.

ALPHA AUTOS 39ª EDIÇÃO - ALPHA MOTOS


MVK X-Cape 200: diversão e economia
Para usar na praia, campo ou qualquer outro percurso

Imprensa MVK

O X-Cape 200cc é o tipo de quadriciclo que proporciona diversão até mesmo para principiantes. O modelo foi desenvolvido para ser utilizado em diversos terrenos seja na praia, campo e qualquer outro percurso fora de estrada. Seu motor OHV monocilíndrico, com refrigeração a ar, duas válvulas por cilindro, quatro tempos e com 200 cilindradas tem potência de 18,01 cv (a 8.500 rpm).

Conta com câmbio mecânico com 4 marchas, mais a ré, freio dianteiro e traseiro a disco equipados com o sistema aeroquip - recurso que contribui para impedir o travamento das rodas durante frenagens repentinas - garantindo maior segurança para o piloto. Outros diferenciais do X-Cape são o seu peso e tamanho que tornam mais prático o transporte do veículo. Arrojado e disponível na cor preta o quadriciclo tem consumo médio de 22 km/litro e preço público sugerido de R$ 7.880,00 (sem desconto, sem frete e sem seguro).

MVK doa 10 quadriciclos X-Cape para Defesa Civil de Santa Catarina
O valente quadriciclo X-Cape, da MVK Motos, contribui com o trabalho dos bombeiros em Santa Catarina, no apoio às vítimas das chuvas. A empresa fez a doação de dez unidades do modelo para a Defesa Civil de Florianópolis. Os veículos foram entregues no último dia 3 e poderão ser bastante úteis no resgate de pessoas isoladas em morros e áreas rurais e ambém para transportar alimentos e agasalhos aos desabrigados. “No terremoto da China, em maio de 2008, por exemplo, mais de 100 quadriciclos foram utilizados para agilizar o acesso às áreas isoladas pelo desastre”, destaca Erik Altrichter, sócio da MVK. Ficha técnica:

Ficha técnica

MOTOR
OHV, comando simples no cabeçote, monocilíndrico, duas válvulas por
cilindro, quatro tempos, refrigeração a ar.

CILINDRADA 200cc

POTÊNCIA 18,01 cv (a 8.000 rpm) 15hp – 8000 rpm

ALIMENTAÇÃO Carburador

TRANSMISSÃO 4 marchas, mais ré.

SUSPENSÃO DIANTEIRA Independente, a gás, braços duplos.

SUSPENSÃO TRASEIRA Braço oscilante com monoamortecimento

FREIOS Dianteiro e traseiro: disco, com sistema aeroquip.

PNEUS E RODAS Rodas dianteiras e traseiras: Aro 8 Pneu dianteiro: 19 x 7 Pneu traseiro: 18 x 9,5

DIMENSÕES E PESO Comprimento: 1.760 mm Largura: 1.110 mm Altura: 1.150 mm Peso em ordem de marcha: 154 kg
CAPACIDADE DO TANQUE COMBUSTIVEL 4,6

ALPHA AUTOS 39ª EDIÇÃO - ALPHA ESPORTES


Tempo de mudanças
Automobilismo terá de se adaptar à crise

A notícia da saída da equipe Honda da Fórmula 1 pegou muita gente de surpresa. Mas, tratando-se de uma montadora com interesses puramente comerciais, não é de se espantar. Em tempo de crise, como agora, estas equipes subsidiadas por grandes empresas correm riscos, quando são somados prejuízos à falta de resultados.

Se a Honda tivesse uma história de vitórias na categoria, provavelmente o rumo seria outro. Poderiam argumentar que um time forte na Fórmula 1 ajudaria no fortalecimento da marca no mercado. Mas a verdade é que o desempenho da equipe não ajuda em nada. Em três anos de existência, o time de Brackley registrou apenas uma vitória, na Hungria, em 2006, com Jenson Button.

Em seu comunicado oficial, o presidente da empresa, Takeo Fukui, afirmou que a decisão foi tomada em função da crise da indústria automobilística e da contração da economia global. Diz ainda que continuarão comprometidos em encontrar novos desafios no automobilismo. Isso já serve para aliviar quem, como eu, temia pelo futuro da Indy, que tem na Honda sua única fornecedora de motores.

Ainda assim, existe a possibilidade da compra da equipe. David Richards, que foi diretor da B.A.R., quando da parceria com a montadora, já declarou interesse. No entanto, as coisas são mais difíceis do que pode parecer. Gerir uma equipe de Fórmula 1 nos dias de hoje, significa uma possibilidade muito grande de prejuízos. Em tempos de crise, não se encontra patrocinadores com a facilidade de outros tempos.

E o fator mais preocupante de toda esta história, no entanto, é que a saída da Honda pode não ser um fato isolado. Outras equipes financiadas pela indústria automobilística vivem, mais do que pela competição, pela exposição de sua marca. A Toyota já foi especulada como a próxima a sair da categoria. A Renault, a cada ano de insucessos, tem sua participação ameaçada.

No entanto, infelizmente, as subsidiadas não são as únicas equipes ameaçadas. A Williams, uma das escuderias mais tradicionais, vem apresentando prejuízos astronômicos desde a temporada de 2006. Não bastasse isto, o time de Frank Williams não consegue resultados expressivos desde 2004, quando Juan Pablo Montoya venceu o GP do Brasil.

Fato é que o automobilismo passará por sérias mudanças nos próximos meses. Em uma reunião da associação das equipes nesta semana, com a participação de Max Mosley, presidente da FIA, os dirigentes se comprometeram a reduzir drasticamente os custos da categoria já para 2009.

Em comunicado oficial, Luca di Montezemolo, presidente da entidade (e da Ferrari) afirmou que na reunião pôde ser visto o comprometimento e responsabilidade dos participantes. A FIA, em comunicado, afirma que a reunião foi a mais bem sucedida da história da F1 (estranho, não?) e que foram feitas propostas que visam a manter a categoria no topo do automobilismo mundial. Tomara!

Rápidas

O título da Stock Car, definido no último domingo, em Interlagos, ficou com Ricardo Maurício. O paulista garantiu o título chegando na 13ª posição e beneficiado pelo abandono de Marcos Gomes. Além do caneco, Maurício garantiu ainda uma vaga em 2009. Correrá pela Eurofarma RC, substituindo Cacá Bueno, que assumirá seu lugar na WA Mattheis.

Na Fórmula Truck o título ficou, pela quarta vez, com Wellington Cirino. O paranaense chegou a Brasília 14 pontos atrás de seu companheiro de equipe, Geraldo Piquet, que precisava apenas de um segundo lugar para garantir o campeonato. No entanto, na segunda metade da prova, Piquet perdeu rendimento e terminou apenas em sexto. Cirino se tornou o primeiro tetracampeão da categoria.

Quem quiser garantir lugar no GP do Brasil de 2009, já pode comprar seus ingressos, a partir de segunda-feira, pelo site www.gpdobrasil.com.br.

Para notícias atualizadas durante a semana e as opiniões além da coluna, acesse http://bandeirada.wordpress.com.

ALPHA AUTOS 39ªEDIÇÃO - ALPHA SERVIÇOS


Débitos do IPVA podem ser parcelados
Benefício será para débitos ocorridos até o dia 31.12.06

Imprensa Secretaria da Fazenda / SP

O Diário Oficial do dia 9.12 publicou a regulamentação do Programa de Parcelamento de Débitos do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores em São Paulo (PPD-IPVA) e que permitirá a regularização da situação fiscal dos contribuintes em condições bastante favoráveis. O PPD-IPVA beneficia todos os contribuintes cujos débitos tenham ocorrido até 31 de dezembro de 2006. O programa vai oferecer aos contribuintes benefícios expressivos, sendo que cada um poderá escolher a forma de pagamento que lhe for mais conveniente.

No caso de pagamento em parcela única, haverá redução de 75% da multa e de 60% dos juros de mora. No caso de pagamento parcelado, será oferecida redução de 50% da multa e de 40% dos juros de mora. Além disso, o contribuinte poderá parcelar o seu débito, respeitando o valor mínimo por parcela de R$ 100,00 para pessoas físicas e de R$ 500,00 para pessoa jurídica.

O contribuinte poderá ingressar no PPD de duas maneiras. Uma delas será por solicitação do próprio contribuinte. Neste caso, será necessário solicitar senha de acesso ao sistema por meio da Internet no endereço http://www.ppd.sp.gov.br/. Após a obtenção de senha será possível acessar o sistema e até fazer simulações para escolher a melhor forma de pagamento. Para quem já possui senha gerada pelo sistema da Nota Fiscal Paulista não há necessidade de gerar nova senha já que ambos os sistemas utilizam a mesma senha de acesso. A outra maneira de ingressar no programa será aceitando a proposta de adesão ao programa que a Secretaria da Fazenda encaminhará pelos correios para quem possui débitos de IPVA.

Apenas os débitos cujos fatores geradores tenham ocorrido até 31 de dezembro de 2006 terão direito de participar do programa, que prevê o parcelamento das dívidas e desconto nos valores devidos. Desta maneira, o governo de São Paulo dá a oportunidade ao contribuinte inadimplente com a administração de regularizar o pagamento do IPVA em atraso, à semelhança do Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) do ICMS.

Quem possuir débitos de IPVA referentes a mais de um veículo poderá unificá-los pagando todos em apenas uma única guia, caso faça a adesão ao programa via internet. Além disso, o contribuinte tem a possibilidade de propor, também pelo site, outras formas de negociação com a Fazenda Estadual, como um número maior de parcelas, por exemplo.

No caso do contribuinte pessoa-física que desejar dividir o pagamento dos seus débitos, o valor de cada parcela não poderá ser inferior à R$ 100,00. Já para as pessoas jurídicas, não poderá ser inferior à R$ 500,00, observados alguns aspectos: o valor da primeira parcela não poderá ser inferior a 1% da média da receita bruta mensal auferida no exercício de 2006, nenhuma das parcelas subseqüentes poderá ter valor nominal inferior ao da primeira parcela e será exigida autorização de débito automático do valor correspondente às parcelas subseqüentes à primeira, em conta corrente mantida em instituição bancária.

O pagamento da 1ª parcela ou da parcela única deverá ser efetuado no dia 25 do mês corrente, para adesões ocorridas entre os dias 1° e 15 ou no dia 10 do mês subseqüente, para adesões ocorridas entre o dia 16 e o último dia do mês. O prazo máximo para adesão ao Programa é 31 de março de 2009.

ALPHA AUTOS - 38ªEDIÇÃO

ANUNCIANTES DESTA EDIÇÃO

LIQUIDA CARROS AYMORÉ FINANCIAMENTOS
www.liquidacarros.com.br

FEIRA DO AUTOMÓVEL RECENCO
www.feiradeveiculos.com.br

ITAMOTORS
www.itamotors.com.br

GOLDEN CAR
www.goldencarautomoveis.com.br

MAUTOS MULTIMARCAS
www.mautosmultimarcas.com.br

SANDRO CAR
Av. Hildebrando de Lima, 34 - Quitaúna

BERTINI AUTOMÓVEIS
http://bertiniautomoveis.com.br/

MULTIPLICAR AUTOMÓVEIS
multiplicarveiculos@terra.com.br

ZANEX AUTOMÓVEIS
www.zanexautomoveis.com.br

MADRI MULTIMARCAS
www.madrimultimarcas.com.br

RICAUTO
Av. dos Autonomistas, 1473

KIA MOTORS K NORTE
www.knorte.com.br

ALPHA AUTOS 38ªEDIÇÃO - MATÉRIA CAPA


Kia Sportage, tradução de estilo de vida
Sofisticado e ao mesmo tempo dinâmico

Imprensa Kia Motors

Ao lançar o Sportage, a Kia Motors comprovou seu alto nível em desenvolvimento de utilitários esportivos. A atual versão tem em sua missão a mesma filosofia imposta ao Sorento, de promover visibilidade e notoriedade à marca, ampliar a percepção dos consumidores em relação à Kia, além de diversificar a linha de utilitários esportivos da empresa. Seu nome é uma corruptela de “esporte” e “transporte” e tem receptividade em todos os mercados mundiais.

O atual Sportage recebeu reestilização em sua carroceria, ao serem introduzidas novas lanternas traseiras e dianteiras, novos pára-choques, novos faróis, grade frontal e rodas de liga leve renovadas, além de ponteiras cromadas na saída dupla do escape. Também ganhou itens de série em seu interior, como o suporte para cabide na lateral do teto, revestimento de couro nos descansa-braços das portas, porta-objetos e porta-copos nas quatro portas, pára-sóis com espelho e iluminação do porta-malas .

A estratégia da Kia com o Sportage é o de atrair os consumidores jovens que buscam um veículo adequado ao seu estilo de vida. Normalmente são homens e mulheres entre 20 e 40 anos que praticam ou se interessam pela prática de esporte, procuram o maior contato com a natureza, especialmente nos finais de semana. Aqui no Brasil, os concorrentes diretos do Kia Sportage na versão 2.0 são o Honda CR-V, Hyundai Tucson, Mitsubishi Pajero TR4, Nissan X-TRAIL e Toyota RAV4. A versão 2.7 V6 tem como concorrentes diretos Hyundai Tucson e Jeep Cherokee Sport.

Comparado aos concorrentes da categoria como o Toyota RAV4 e o Honda CR-V, o novo Sportage possui um entre-eixos, bem como, as medidas externas de largura e altura maiores. Também ganha da concorrência em termos de dimensões em seu interior, com mais espaço de perna e altura de teto e um volume interior total com capacidade maximizada para espaço e carga.

Duas motorizações diferentes à gasolina estão disponíveis com transmissão manual de 5 velocidades ou automática de 4 com a opção de troca seqüencial. O motor de 2.0 litros à gasolina, chamado “Beta II”, é um motor de 4 cilindros em linha com comando duplo de válvulas (DOHC) e variável (CVVT) para proporcionar maior capacidade volumétrica. Com 1.975 cilindradas gera potência máxima de 142 cavalos a 6.000 rpm e torque máximo de 18,8 kgm a 4.500 rpm.

Conhecido como motor “Delta”, o de 2.7 litros V6 apresenta bloco de alumínio e sistema de admissão variável (VIS). O sofisticado sistema de transmissão com correia reduz o ruído e as vibrações mantendo uma tensão justa na polia do motor. Este motor gera potência máxima de 175 cavalos de potência a 6.000 rpm e torque máximo de 24,6 kgm a 4.000 rpm. Denominado “HIVEC”, o câmbio automático de 4 velocidades do Kia permite ao condutor optar entre uma condução cômoda e fácil com o câmbio automático ou uma condução mais esportiva com a opção de trocas seqüencial de marchas.

Com sofisticado sistema de tração, o Sportage opera com as duas rodas dianteiras - 2WD - em condições normais de condução para maximizar a economia de combustível e a tração 4WD ao detectar que as rodas dianteiras estão derrapando. Até 50% da potência pode ser transferido às rodas traseiras. Quando a veículo estiver em caminhos escorregadios, basta pressionar o botão de tração 4WD para que o sistema ignore os programas normais e o motorista terá o controle da tração do veículo manualmente.

ALPHA AUTOS 38ªEDIÇÃO - ALPHA NOTÍCIAS

Por Sérgio Dias

Megaestrutura é montada no Parque do Ibirapuera para receber as emoções do "Renault Roadshow"
A cidade de São Paulo recebe nos próximos dias 29 e 30 de novembro uma mega-estrutura em um dos cartões postais mais conhecidos e visitados da cidade, o Parque do Ibirapuera. Um trecho de 1.120 metros ao redor da avenida Pedro Àlvares Cabral se transformará em uma verdadeira pista de Fórmula 1. Trata-se do "Renault Roadshow", que traz, pela primeira vez ao Brasil, a emoção e a velocidade de um carro de Fórmula 1 para as ruas de São Paulo. O evento automobilístico criado em 2003 já passou por várias cidades do mundo e contou com quase dois milhões de espec tadores.


Ford promove feirão com zero de entrada para toda a linha
A Ford lançou na última quarta-feira mais uma ação agressiva de varejo, o Feirão nos Distribuidores Ford, que oferece toda a linha de automóveis, utilitários e picapes da marca sem entrada, com financiamento em até 60 meses e 30 dias de carência para o pagamento da primeira prestação. Estas condições são válidas somente até domingo, 30 de novembro.


Chevrolet Celta conquista o título do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade após vitória no Rio Grande do Sul
O Chevrolet Celta mostra toda sua robustez e conquista o Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade, após a vitória na oitava e última etapa do ano, disputada no último dia 15 de novembro, na cidade de Severiano de Almeida (Rio Grande do Sul). Duas unidades do Celta com motorização 1.4 litro disputam a competição na categoria N2, para carros com motores até 1.6 litro e tração 4x2.


Volkswagen comemora marco dos bicombustíveis
A indústria automobilística nacional comemora nesta semana a marca de 7 milhões de veículos bicombustíveis produzidos no Brasil. Destes, 27% carregam o emblema da Volkswagen, empresa pioneira na fabricação dos modelos no País. O sucesso da tecnologia foi celebrado durante a 1ª Exposição Internacional de Biocombustíveis, promovida pela Apex-Brasil entre os dias 17 e 21 de novembro, em São Paulo. No evento, a montadora também apresentou mais uma inovação que chega ao mercado nacional: os carros BlueMotion equipados com motor Total Flex


Auto shoppings de SP se unem e promovem o “Liquida Auto Shopping”
Onze shoppings de automóveis da grande São Paulo provem o feirão “Liquida Auto Shopping”, até o próximo dia 07 de dezembro. São 400 lojas e mais de 18 mil veículos seminovos participando desta ação de varejo que tem as melhores condições de pagamento e financiamento. A operação de vendas tem a participação da WebMotors, maior portal automotivo do país, Aymoré Financiamentos e outras instituições financeiras.
Além disso, foi criado o hotsite www.liquidaautoshopping.com.br, em que os internautas poderão pesquisar e comparar preços de centenas de modelos distribuídos entre os onze Auto shoppings que participam deste feirão. A busca de veículos também pode ser feita no portal www.webmotors.com.br


Porto Seguro realiza "Check-up" em diversas cidades do Brasil
A Porto Seguro realiza até 31 de janeiro, em diversas cidades do Brasil, o "Check-up Férias". O serviço consiste numa revisão gratuita de diversos itens nos veículos de clientes com seguro de automóvel da Companhia, com o objetivo de proteger motoristas e passageiros contra possíveis quebras, acidentes e multas. Para realizar o check-up, é preciso apresentar o Cartão do Segurado em um dos Centros Automotivos Porto Seguro (CAPS). Os endereços podem ser consultados no site www.portoseguro.com.br.

ALPHA AUTOS 38ªEDIÇÃO - ALPHA MOTOS


Suzuki Bandit média cilindrada com alta tecnologia
Para aumentar o conforto, a posição do guidão e a altura do assento são reguláveis

Imprensa Suzuki

A nova Bandit 650 chegou às Concessionárias Autorizadas Suzuki de todo o país em 2007. O modelo foi projetado para oferecer conforto, potência e, principalmente, diversão. É perfeito para a utilização no mundo real – seja no trânsito urbano, na estrada ou nas curvas de uma pista de montanha. Seu motor totalmente redesenhado, com 656cc, está preparado para oferecer entrega de potência suave e resposta precisa ao acelerador. O novo motor quatro tempos, quatro cilindros, DOHC, foi desenvolvido especificamente para a Bandit. Com refrigeração líquida, oferece não apenas mais potência, mas também menor
emissão de gases poluentes.

Os eixos de transmissão estão dispostos verticalmente, para diminuir o comprimento do motor. O alternador, mais potente, compacto e leve, está localizado no extremo esquerdo do virabrequim, reduzindo assim as perdas mecânicas. A transmissão de seis velocidades atua através de um novo sistema hidráulico, que exige menor pressão sobre o manete para uma resposta eficiente.

O sistema de injeção de combustível SDTV (Suzuki Dual Throttle Valve) é exemplo da aplicação da mais alta tecnologia em uma motocicleta de média cilindrada. Cada corpo do acelerador de 36mm possui duas válvulas de borboleta, uma primária (acionada pelo punho do acelerador) e uma secundária, controlada pelo sistema de gerenciamento computadorizado do motor (ECM). Esta mantém a velocidade ideal de entrada de ar, alcançando assim a máxima eficácia de combustão e uma entrega de potência mais contínua.

O sistema PAIR, também controlado pelo sistema de gerenciamento do motor (ECM), injeta ar fresco captado pela caixa de ar nos dutos do escapamento, queimando os hidrocarbonetos não utilizados. O sistema de escape em aço inoxidável possui um sensor de oxigênio que permite controlar melhor a eficácia da combustão e ajustar o volume de injeção de combustível, tudo isso para reduzir as emissões de gases poluentes à atmosfera.

O chassi de duplo berço em aço está mais rígido, para acompanhar a nova entrega de potência da Bandit 650. A suspensão dianteira, telescópica e de amortecimento hidráulico, possui pré-carga da mola ajustável para adaptar-se às diferentes cargas e preferências do piloto. A suspensão traseira é monoamortecida e trabalha através de um sistema link progressivo, projetado para responder suavemente, mas de maneira eficaz, às irregularidades do terreno.

O freio dianteiro é composto por duplo disco flutuante de 310mm de diâmetro, mordido por pinças de quatro pistões opostos. O disco traseiro mede 240mm de diâmetro e é mordido por pinça deslizante de pistão simples.
Para aumentar o conforto, a posição do guidão e a altura do assento são reguláveis. O completo painel possui tacômetro analógico e uma tela de LCD com velocímetro, marcador de combustível e relógio. Há também indicadores de ponto-morto, pressão do óleo, farol alto, temperatura da água e indicador de falhas do sistema de injeção eletrônica.

As novas Bandits podem ser encontradas nas Concessionárias Autorizadas Suzuki de todo o Brasil nas cores preta, azul escuro, azul e vermelha, a um preço sugerido de R$ 31.151,00 para a versão naked e R$ 32.709,00 para a semicarenada.
Para mais informações, ligue para o Canal de Vendas pelo número 0800 707 8020 ou acesse www.suzukimotos.com.br

ALPHA AUTOS 38ª EDIÇÃO - ALPHA SERVIÇOS


Crise: ótimo momento para comprar carro!
Ajuda do governo à indústria de veículos está melhorando as condições de financiamento

Marcos Crivelaro*

Menor oferta de crédito, maior dificuldade para aprovar o cadastro do comprador, maiores taxas de juros nos financiamentos e a insegurança do trabalhador de perder o emprego e não poder honrar o pagamento das parcelas são os fatores que fizeram reduzir as vendas de veículos, que recuou 13,81% em outubro, na comparação com o comportamento do mercado em setembro, segundo dados da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). Mas, apesar da queda nesse último trimestre, 2008 ainda registra 22,17% mais emplacamentos em relação ao ano passado.

- Ajuda do governo: a indústria de veículos, que movimenta cerca de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, recebeu do governo federal R$ 4 bilhões e do governo paulista mais R$ 4 bilhões para manter as vendas de veículos num nível elevado até o final do ano. O dinheiro foi direcionado para as 15 financeiras das montadoras por meio do Banco do Brasil e da Nossa Caixa. Os bancos governamentais negociam a compra da carteira de crédito das montadoras que sofrem com a falta de recurso. Muitas montadoras já estão anunciando que com essa ajuda governamental as condições de financiamento estão melhorando.

- Financiamento: entre janeiro e setembro do ano passado, 72% dos automóveis comercializados foram vendidos a prazo, segundo a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef). A metade tinha sido financiada com prazos médios de 42 meses. Antes da crise, 85% das vendas eram financiadas em até 84 meses. Diferente de antes da crise, agora dificilmente existe oferta de financiamento sem entrada. Atualmente, pede-se uma entrada de, no mínimo, 20% do valor total do veículo. A taxa de juros aumentou para quase 10% ao mês e o parcelamento encolheu de 48 para 36 prestações. Ao comparar financiamentos, faça um cálculo importante: analise o valor total financiado menos o valor à vista dividido pelo número de parcelas financiadas. Se a parcela ficou “pesada”, prefira um modelo mais simples e mais barato. Pense que o normal é você ficar com um carro por cerca de três anos e é muito mais fácil revender um carro quitado do que um que possua muitas parcelas pela frente. Esses problemas no financiamento resultaram em pátios lotados. Em outubro, os pátios das montadoras e concessionárias de veículos encerraram com 297,7 mil veículos novos em estoque, volume superior à produção total do mês, de 296,3 mil automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus.

- Oportunidade: a dica do megainvestidor Warren Buffett é de ser "conservador quando os outros estão vorazes e de ser voraz quando estes estão conservadores". Adaptando essa dica para o mercado de automóveis, final de ano é sinônimo de promoções e oportunidades nas concessionárias que querem renovar os estoques porque têm que arcar com o IPVA e a linha 2009 que está prestes a chegar. Comprar carro zero quilômetro de modelo que vai sofrer pequenas mudanças pode representar uma economia de 30% do preço do veículo. Prefira as versões de veículos que já vêm com pacotes de série. Equipamentos extras numa versão simples perdem muito valor num veículo usado.

- Concorrência: apenas preço não é o fator decisivo na escolha do modelo que o consumidor vai fazer. Muitos já não se fidelizam mais a uma determinada marca. Querem um veículo que atenda ao maior número possível de quesitos que são importantes na sua avaliação pessoal. Sedan, picape, perua? Para cada um, existem várias opções. Design, tecnologia, motor, porta-malas, espaço interno... Isso sem levar em conta o grande número de montadoras nacionais e estrangeiras. Com tantas variáveis envolvidas, faça uma tabela comparativa de preços e dos pontos fortes e fracos dos veículos que estão disputando a sua garagem.

*Marcos Crivelaro é professor PhD da FIAP e da Faculdade Módulo, especialista em matemática financeira e consultor em finanças. Co-autor do livro “Como sair do vermelho e tornar-se um investidor de sucesso”.


ALPHA AUTOS 38ªEDIÇÃO - ALPHA ESPORTES


Briga esquenta na reta final da Stock Car
Apenas um ponto separa Gomes de Maurício

Faltando apenas a rodada de Interlagos para a definição do campeonato de brasileiro Stock Car 2008, apenas um ponto distancia o líder do campeonato, Ricardo Maurício (WA Mattheis), de Marcos Gomes (Medley / A.Mattheis). Mas, como a prova final acontecerá em São Paulo, esta vantagem, na verdade, meio que muda de mãos.

A explicação está no desempenho de Gomes. Nas últimas três etapas da Stock disputadas no circuito paulista, ele venceu todas. Uma no ano passado e duas este ano. Apesar de o piloto rechaçar qualquer tipo de favoritismo em função de suas últimas provas em São Paulo, é difícil não levar em consideração.

Só para termos uma idéia, nas duas provas disputadas em solo paulista neste ano, Ricardo Maurício chegou na quarta posição. Se o resultado se repetir na próxima corrida, o título de Marcos Gomes já está assegurado. Mas, tratando-se de automobilismo, comemorar antecipadamente é sempre um erro.

A última etapa, realizada em Tarumã, é uma das grandes provas de como uma corrida pode mudar de uma hora para a outra. O líder do campeonato, Ricardo Maurício, liderava com folga e seu rival direto pelo título ocupava apenas a terceira posição. Mas uma decisão errada, a de não trocar os pneus durante sua parada nos boxes, resultou em uma queda brusca no rendimento. Ele acabou perdendo não só a vitória, que ficou com Cacá Bueno, mas também a posição de Marcos Gomes.

O duelo pela segunda posição, aliás, foi uma das disputas mais intensas do ano. A foto que ilustra esta coluna mostra um pouco do que foi a manobra. Um verdadeiro empurra-empurra entre os (quase) companheiros de equipe. Digo quase porque, apesar de ser duas equipes diferentes, o dono – e patrocinadores – de ambas, é o mesmo. Algo praticamente impossível de se ver em uma corrida de Fórmula 1, por exemplo.

Salvo raras exceções, como Fernando Alonso e Lewis Hamilton; ou Alain Prost e Ayrton Senna; é difícil pensar em Felipe Massa jogando Kimi para fora da pista, por exemplo. Ou vice-versa. A manobra foi repleta de toques, de ambos os pilotos, por todo o tempo em que eles dividiram a curva. Gomes, foi arrojado e agressivo. Mas não menos agressivo que Maurício, que tentou defender sua posição de todas as formas. No fim das contas, Marcos que tinha um jogo de pneus menos desgastado, levou a melhor.

De qualquer forma, a disputa, tanto a ultrapassagem, quanto a tentativa de defesa, para mim, entraram na lista de as melhores manobras do ano no automobilismo.

E apostem que Ricardo Maurício não deixará barato. Ele vai fazer de tudo para dar o troco e desbancar o favoritismo de Marcos Gomes em São Paulo e ficar com o título. Definido, só que o campeonato ficará no Estado de São Paulo, já que Maurício é paulista da capital e Marcos Gomes nasceu em Ribeirão Preto.

Mudanças
A partir de 2009, um novo chassi será usado na categoria. Projetado pela JL Competições, o novo veículo promete aliar competitividade, segurança e redução de custos, sendo que este último item é tendência no automobilismo mundial.

No próximo ano também será implantado um novo calendário, composto por doze etapas. São Paulo continuará sediando três provas As novidades são uma prova em Salvador, levando assim a categoria ao Nordeste do país, e uma possível rodada no novíssimo Velopark, no Rio Grande do Sul, que substituiria a prova de Tarumã.

Rápidas
O Corinthians conseguiu seu primeiro pódio na Fórmula Superliga. Antônio Pizzonia chegou na segunda posição, durante a segunda bateria da rodada de Jerez de La Frontera. A prova foi vencida por James Walker, do Borussia. Esta rodada definiu também o título da temporada inaugural da categoria, que ficou com o Beijing Guoan, da China. O Corinthians ficou na nona posição e o Flamengo em 15º.


JORNAL ALPHA AUTOS - 38ª EDIÇÃO

ANUNCIANTES DESTA EDIÇÃO

FEIRA DO AUTOMÓVEL RECENCO
www.feiradeveiculos.com.br

ITAMOTORS
www.itamotors.com.br

ITATIAIA CAMINHÕES
www.itatiaia.net

GOLDEN CAR
www.goldencarautomoveis.com.br

MAUTOS MULTIMARCAS
www.mautosmultimarcas.com.br

GATTI VEÍCULOS
www.gattiveiculos.com.br

SANDRO CAR
Av. Hildebrando de Lima, 34 - Quitaúna

BERTINI AUTOMÓVEIS
http://bertiniautomoveis.com.br/

BRASIL CAR
Av. Henriqueta Mendes Guerra, 720

MULTIPLICAR AUTOMÓVEIS
multiplicarveiculos@terra.com.br

ZANEX AUTOMÓVEIS
www.zanexautomoveis.com.br

ALPHA PRIME - Corretora de Seguros
Calçada das Margaridas, 110 2ªandar - Centro

MADRI MULTIMARCAS
www.madrimultimarcas.com.br

RICAUTO
Av. dos Autonomistas, 1473

KIA MOTORS K NORTE
www.knorte.com.br

TERRA RACING
Rua da Prata, 148/154

CROSS LINE
Rua da Prata, 251

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Jornalista e empresário Sérgio Dias reforça equipe da Dália Comunicação


Depois de quase 15 anos trabalhando na empresa Porto Seguro, o jornalista e empresário Sérgio Dias dedicará agora o seu tempo integral para cuidar da empresa que fundou há dois anos, a Dália Comunicação.

Dias será o responsável pelos projetos editoriais da empresa, entre eles o jornal Alpha Autos, e também cuidará de algumas das contas de assessoria de imprensa.

CLIENTE: BAR CHARLES EDWARD

















Newsletters criados para o cliente Bar Charles Edward

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

ASSESSORIA DE IMPRENSA: GRUPO AGÊNCIA MÍDIA



Publicação de matéria sobre mídia holográfica na edição de dezembro/08 da revista Propaganda, página 22