Campanha AACD Teleton 2021

Cursos Mecânica Online

terça-feira, 18 de novembro de 2008

ALPHA AUTOS 36ªEDIÇÃO - ALPHA MOTOS



Organizador do 1º Salão da Motocicleta também é um amante das duas rodas



Fittipaldi percorreu os corredores do Expo Center Norte e recebeu a equipe do Jornal Alpha Autos


Por Marcel Agarie


Emerson Fittipaldi acumula vitórias nas pistas
e como empresário: bicampeão mundial de
Formula 1, campeão na Formula Indy e duas
vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápoles.
A paixão pelo automobilismo e motociclismo,
aliados ao seu espírito empreendedor o motivou
a realizar o 1º Salão exclusivo de motos no Brasil.
Abaixo a entrevista exclusiva concedida ao
jornal Alpha Autos



Alpha Autos - Qual a importância do
Salão da Motocicleta para a cidade de São
Paulo?

Emerson Fittipaldi – Eu acho que é importante
para o Brasil um salão neste nível, que o
público vai poder conhecer todas as motocicletas
de qualquer categoria, equipamentos, acessórios,
e conviver no mundo da motocicleta, que é um
mundo muito grande. A previsão é que daqui
uns quatro ou cinco anos chegue a 20 milhões
de motocicletas no Brasil. Está perto disto. Isso
é um movimento muito grande. Nós que já temos
o Salão dos Acessórios, Salão do Tunning,
o Alberto que organiza a Megacycle, que tem
tudo a ver com motocicleta, veio para cá e nós
resolvemos fazer o Salão da Motocicleta, em um
momento muito importante para o Brasil, um
momento importante para São Paulo.



Alpha Autos – Se fala muito sobre a
questão de segurança para os motociclistas
na cidade de São Paulo. O que deve ser feito
para melhorar a segurança dos motoqueiros
da cidade?

Emerson Fittipaldi – Acho que primeiro
as pessoas precisam ter consciência que a motocicleta
é uma arma. Se você não souber usar
bem, você vai se machucar, vai se ferir. Também
pode machucar os outros. Você precisa ter uma
consciência de equipamentos, manutenção,
olhar no espelho, usar capacete da maneira
correta. Naqueles corredores, os motoboys vêm
em uma velocidade absurda. Se um carro desviar
um pouco e você bater o guidão no espelho do
automóvel, vai sair voando na hora. É lamentável
ver a quantidade de acidentes de motocicleta que
têm por dia.



Alpha Autos – A crise econômica mundial
pode afetar de alguma forma os negócios
do Salão da Motocicleta?
Emerson Fittipaldi – Eu acho que esta crise
vai afetar toda a indústria automobilística e motociclística.
O mundo está afetado pela crise.
Com certeza é uma questão de tempo. Vai passar,
como sempre passou.



Alpha Autos – Quais são os seus
destaques do salão?
Emerson Fittipaldi – Eu gosto muito, obviamente,
das motocicletas grandes, as Harleys
(pausa), são do meu gosto. As Vulcans da Kawasaki.
As customizadas, como as motocicletas do
Tarso Marques, feitas no Brasil. Elas são lindas.
Eu dei parabéns para ele porque está no nível
internacional. Isto foi o que eu mais gostei.


Alpha Autos – Qual sua relação com a
motocicleta?

Emerson Fittipaldi – Motocicleta é uma
paixão. Eu comecei a correr com 14 anos,
adorava sair com motocicleta. Pouca gente sabe
disto, mas eu fui assistir a inauguração do Parque
do Ibirapuera, em 54. Eu era molequinho e a
inauguração foi com uma Moto GP 500cc e
quem ganhou foi John Surtees, que no fi m eu
corri com ele na Fórmula 1. Ele ganhou com
uma Norton Manx, uma motocicleta inglesa,
tem uma aqui no salão. Meu pai também correu
de motocicleta, nunca falei isso. Meu pai correu
com uma BMV 500cc, teve um acidente grave e
fi cou três meses em coma.



Alpha Autos – Saindo um pouco do assunto
sobre o salão. Você está participando
das negociações para trazer o A1GP para Interlagos.
Como está o andamento?
Emerson Fittipaldi – Está indo bem. Espero
ter a confi rmação esses dias agora. Teremos
notícias em breve.


Nenhum comentário: